Bolo Basco/Gâteau Basque


França nunca teve na lista das minhas viagens de sonho...

Quando me perguntavam quais os locais que gostava de visitar, as minhas viagens de sonho, ouvia quase sempre os meus colegas a falarem em Paris, e eu sem hesitar apontava o Egipto como eleito, depois seguia-se a Grécia, Polónia e o Butão, e se houvesse espaço para mais um o Dubai seria o eleito.


Nunca entendi muito bem esta minha indiferença com um país que é verdadeiramente cheio de história, com tanto para ver e fazer, desconfio que haja um ar de superioridade para aqueles lados que não me agrada...contudo com o tempo a minha opinião foi mudando. 

Esta mudança aconteceu quando nasceu o sonho de ter uma pastelaria, dei por mim a imaginar como poderia ser e assim que pesquisava algo lá vinha a imagem de alguma pastelaria parisiense, aquelas montras são fascinantes, as louças, a decoração, tudo, não existe nada que não aprecie nestes espaços. 


Mas o culpado da mudança não é só o sonho da pastelaria, são os livros de culinária que com o tempo se foram acumulando e que mostraram que a melhor cozinha para mim é a francesa, depois da portuguesa claro está!

São tantas as sobremesas, bolos e bolinhos que adoro desse país, não vou indicar o meu preferido pois não existe (são todos), mas suspiro por um verdadeiro canelé, e agora que vamos para o Natal já sonho com a minha caixa de marrons glacés, e já agora uns macarons, só falta mesmo dizer...Vive La France!

E nisto dos eleitos também posso acrescentar este bolo que hoje vos trago, é uma junção de sabores e texturas deliciosas, um clássico francês que eu pensava ser espanhol!

Podem saber mais sobre a história deste bolo basco no blogue da Lia, e podem ainda fazer e participar no guloso desafio Sweet World tal como eu fiz.


Bolo Basco/Gâteau Basque 

Massa
receita retirada do livro Baking Chez Moi, Dorie Greenspan

  • 272 gramas de farinha 
  • 3/4 colher de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de sal fino 
  • 142 gramas de manteiga sem sal à temperatura ambiente 
  • 50 gramas de açúcar amarelo
  • 50 gramas de açúcar branco
  • 1 ovo grande à temperatura ambiente 

Barrar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma de 20 cm de diâmetro com fundo amovível, reservar. 

Peneirar para uma tigela a farinha, o fermento e o sal e misturar com uma vara de arames, reservar. 

Numa tigela grande bater com ajuda da batedeira eléctrica a manteiga e os açúcares durante 3 minutos, adicionar o ovo e continuar a bater por mais 2 minutos.

Adicionar a mistura da farinha reservada e misturar muito bem até estar tudo bem incorporado e ter uma massa maleável. 

Retirar a massa da tigela e com as mãos formar uma bola, envolver em película aderente e levar ao congelador 30 minutos. 

Dividir a massa em dois sendo que um dos pedaços deve ser maior para forrar a base e as laterais da forma.  

Colocar a massa sobre uma folha de papel vegetal e ir esticando com o rolo da massa até obter o tamanho adequado da forma (bases e laterais), com ajuda do rolo da massa dispor a massa na forma e forrar, esta massa parte-se com facilidade, pelo que deve ser manuseada com calma.  

As laterais devem de ficar com o mesmo tamanho, para isso utilizar os dedos molhados em água. 

Com a restante massa e com ajuda do papel vegetal formar um círculo que vai depois cobrir o bolo.  

Reservar a forma forrada bem como o círculo da massa no frigorífico até voltar a utilizar.  


Recheio 
receita retirada do livro World's Best Cakes 

  • 60 gramas de açúcar
  • 250 ml de leite gordo
  • 3 gemas de ovo
  • 30 gramas de farinha peneirada 
  • 1 colher de sopa de amido de milho peneirado (Maizena) 
  • 1 vagem de baunilha 
  • 1/2 frasco de compota de cereja 
  • açúcar em pó para polvilhar 
  • 1 ovo batido para pincelar

Abrir ao meio a vagem de baunilha e retirar as sementes, colocar num tacho pequeno com o leite e levar ao lume até começar a ferver, retirar e deixar em infusão cerca de 3 minutos.

Numa tigela pequena misturar com uma vara de arames o açúcar com as gemas até obter uma mistura fofa, acrescentar as farinhas e voltar a misturar tudo muito bem, deitar o leite em fio sobre a mistura das gemas mexendo sempre.  

Levar ao lume mexendo sempre até o preparado engrossar sem deixar ferver.  

Retirar, cobrir com película aderente, e reservar até estar frio. 

Montagem 

Pré-aquecer o forno a 180ºC. 

Retirar a forma do frio e com uma espátula distribuir o creme do recheio sobre a massa, alisar bem e com cuidado espalhar o doce de cereja. 

Colocar o círculo de massa reservado sobre o bolo e unir bem os bordos, para facilitar molhar sempre os dedos em água. 

Pincelar o topo com o ovo batido e com ajuda de um garfo fazer um efeito xadrez.

Levar o bolo ao forno cerca de 45 minutos, deve ficar douradinho.  

Retirar e deixar arrefecer totalmente antes de desenformar. 

Polvilhar com açúcar em pó.

Bom Apetite...

8 comentários:

  1. Ficou lindo e a fatia apetece mesmo dar uma dentada.

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha e as fotos estão fantásticas,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. Adoro que tenhas tirado as fotos lá fora, com o Outono, ficaram lindas.
    E sim, quando penso em França penso logo nas pastelarias, macarons, croissants, aquelas ruas lindas e a costa, adorava fazer um tour pela costa. E comer uma fatia deste!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha querida Sandra :)
    Está fantástico o teu bolinho e parece ser delicioso! Não o conhecia e foi uma agradável surpresa!
    Quanto a França, faz mesmo lembrar pastelarias e croissants e bolinhos perfeitos e macarrons deliciosos e estaliços! :) Que bom que é!
    Eu em miúda sempre quis ir a França para ir à Disney ahahah :)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Minha querida Sandra,
    Grécia, a par com a Austrália, Tasmânia e Nova Zelândia, são as minhas viagens de sonho. Aquelas de que estou à espera de ganhar o euromilhões ou herdar uma fortuna de uma tia rica que desconheço e acho que não tenho (lol), para poder concretizar.
    Enquanto isso, vou-me passeando pela Europa sempre que posso e olha, Paris e França, também nunca estiveram no topo das minhas preferências (mesmo para a Europa), mas depois de ir a primeira vez a Paris, fui a segunda, e quero ir a terceira e a quarta...
    Minha querida, AMO o teu Basco e adoro ter-te nos nossos SW!! Muito obrigada minha querida e, usaste receitas de dois livros que adoro!
    Um grande beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
  6. Que belo bolo.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar