Sablés de Flor de Sal, Gruyère e Alecrim


Caminhamos a passos largos para o Natal, um mês, é este o tempo de espera para a época que mais feliz me deixa.
E hoje está um dia frio mas com o sol a furar as nuvens, daqueles dias que sabe bem ficar numa esplanada sem sombra, pegar na manta e ir para o banco de pedra, sentir o sol a bater no rosto, levar um livro e ficar assim até que o frio tome conte de nós, e era assim que podia estar daqui a um mês.


Fazer bolachas nestes dias de Outono é uma forma bem gulosa de combater o frio.
Ficarmos juntos ao forno, amassar a massa com as mãos, esticar com o rolo, movimentos que nos aquecem o corpo e que ajudam a espairecer da rotina.
Desta vez trocamos o açúcar pelo sal, e saiu um petisco bem bom para as tardes frias e curtas deste Outono,  uma troca para mais uma vez estar presente no Vamos Fazer Bolachas do Cravo e Canela.


Sablés de Flor de Sal, Gruyère e Alecrim
receita adaptada da revista Saveurs nº 213

  • 100 gramas de farinha sem fermento
  • 20 gramas de fécula de batata
  • 80 gramas de manteiga sem sal amolecida
  • 100 gramas de queijo Gruyère ralado na hora 
  • 1 ovo com gema e clara separada
  • 1 colher de chá cheia de alecrim finamente picado 
  • 1 colher de chá de flor de sal com alecrim
  • flor de sal para salpicar 

Numa tigela colocar a farinha, a fécula de batata, o alecrim, a flor de sal e o queijo, misturar com uma colher de pau. 

Acrescentar a manteiga , a gema de ovo e mexer muito bem até a massa estar toda incorporada, pode utilizar as mãos para esta operação sendo desta forma mais rápido.  

Fazer uma bola  com a massa, envolver em película aderente e levar ao frigorífico 30 minutos.  

Pré-aquecer o forno a 180ºC. 

Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal e polvilhar ao de  leve com farinha. 

Formar um rolo com a massa e cortar em rodelas com cerca de 1,5 cm, dispor no tabuleiro e pincelar com a clara de  ovo. 

Levar ao forno cerca de 20 minutos, quando retirar os sablés salpicar com a flor de sal.  

Servir  mornos ou à temperatura ambiente. 

Bom Apetite...


32 comentários:

  1. Que lindas! Já agora... as fotos têm estado espetaculares ;)

    ResponderEliminar
  2. Sandrinha minha linda,
    esse sal deve ter um aroma e um sabor maravilhoso, estou aqui imaginando
    a delícia que ficou essas bolachinhas.
    Ficaram tão lindas e as fotos como sempre maravilhosas!

    Um grande beijo no seu ♥, fique com Deus!

    ResponderEliminar
  3. Hola Sandra! !! Es cierto que hornear es fantástico en este tiempo, pero si el resultado de hornear son estas ricas galletas, creo que merece la pena encender el horno ya sea invierno, primavera o el más caluroso de los veranos. Con una bebida fría estas galletas son todo un lujo. Besitos.

    ResponderEliminar
  4. Olá Sandra,
    Essas bolachas são uma sugestão perfeita para oferecer no Natal a quem não aprecia doces, o que me recorda alguns familiares :)
    Ficaram com um ar rústico lindo e pelos ingredientes devem ser mesmo viciantes.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Esta é a época que mais me stressa... e estas tuas bolachas até me relaxavam, estão mesmo apetitosas!!!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  6. Que fotos lindas e que bolachas devem ser deliciosas.
    Com este friozinho também queria uma mantinha, um livrinho, um solzinho e algumas dessas bolachinhas.

    ResponderEliminar
  7. Hum que pequenas delicinhas com cheirinho de Natal Sandra querida. Gosto muito de flor de sal, dá um aroma e sabor especiais a receita. A apresentação como sempre está um encanto. Adorei. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Gosto de Alecrim.
    Tudo que leva alecrim é gostoso.
    Uso também em carnes.

    ResponderEliminar
  9. Adoro Alecrim!!!
    Mas assim nunca experimentei!
    Imagino estrondo de sabores!
    Beijocas!
    Cláudia L.

    ResponderEliminar
  10. Estas bolachinhas salgadas estão amorosas e dá vontade de petiscar!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Que lindas bolachinhas, devem ser deliciosas!

    ResponderEliminar
  12. Que delícia de bolachinhas!! Realmente não há melhor "remédio" para combater o frio, do que acender o forno para cozer umas bolachas destas. É depois ,saboreá-las quentinhas ( ou não), conforme desse na gulodice...Eu acho que não ia esperar que elas arrefecessem.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  13. Olá Sandra, minha menina linda,
    eu adoro por cá passar, sinto-me sempre em casa e apetece-me logo servir do que fizeste e juntar a uma chávena de cevadinha quente. Por a conversa em dia e comer!
    A ver se um dia fazemos isso :)
    Adoro fazer bolachinhas e adoro bolachas salgadas, são viciantes mesmo.
    Com queijo e alecrim e flor de sal perfumada estão perfeitas.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Essas bolachas devem ser deliciosas! Já comia uma (ou duas, ou três,...)

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Una auténtica delicia con lo que me gusta a mí el queso!!
    Y las fotos muy bonitas :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Ummmmmmmmmmmm seguro estan de rexupete no hay mas que ver las fotos no dejan de decir comeme, tomo nota para hacerlas ,tengo una planta de Alecrim aqui se llama romero en la terraza , por cierto aqui en Galicia tambien se le llama Alecrin a la flor del toxo y es amarilla.
    Como siempre la receta y presentacion son de 20 points.
    Bicos mil wapa.

    ResponderEliminar
  17. Sandrinha,

    Esses sablés estão mesmo um apetite ! :)
    É do género de bolachinhas que comemos sem parar enquanto vemos um belo filme e nem damos por isso ! :)
    Estão mesmo tentadoras, adoro os ingredientes, o alecrim é uma das ervas que mais gosto e acredito que tenham sido o maior sucesso por aí ! :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  18. Que apetitosos ficaram. Apetece provar!
    As fotografias estão lindas.

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook



    ResponderEliminar
  19. É verdade, o Outono deixa-nos colados ao forno, com vontade de bolachas!
    E eu adoro-as, sejam elas doces sejam elas salgadas!
    As tuas estão tão bonitas querida! Imagino-lhes o cheirinho e o sabor :)
    Maravilha!
    Um grande beijinho querida

    ResponderEliminar
  20. Olá Sandra:)

    Que lindas bolachas! Devem ser uma delícia com a combinação desses ingredientes - adoro alecrim:)
    *Tenho um frasco igual ao teu só não tenho as bolachas:)

    Bom domingo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Que lindas bolachinhas! Amei as fotos. Apetece comer o ecrã. Beijinho
    Sarinha - No Conforto da Minha Cozinha

    ResponderEliminar
  22. Que maravillosa receta, y con esa hierba aromatica tiene que ser un placer tener el plato delante, te han quedado de cine querida amiga, mil besicos tesoro

    ResponderEliminar
  23. Muito bom aspeto, são mesmo perfeitas para um dia frio :)

    ResponderEliminar
  24. O outono tem magias encantadoras :)
    Adoro bolachinhas doces ou salgadas, as tuas estão com uma cor linda e apetecível
    O aroma a alecrim dá-lhe um toque perfumado, que adoro.
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  25. O outono e o inverno têm as suas magias encantadoras que me deliciam (apenas detesto o anoitecer tão cedo)... eheheeh
    Adorei os teus sables, que parecem ser perfeitos para acompanhar um chá ou um cacau quentinho!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Menudas galleticas ricas que nos has preparado, se me hace la boca agua, me encantaaaaan!!
    Un abrazo y buen fin de semana!

    ResponderEliminar