Bolo de Tangerina


Há dias comentava que se fosse eu a mandar no país obrigava toda a gente a ter árvores de fruto em casa e até arranjei solução para aqueles que não têm espaço, bem sei que isto é uma mera ilusão e um pensamento fugaz, mas na verdade quem tem o privilégio de tirar a fruta directamente da árvore sabe que o aroma e sabor não é igual às que se vê nas bancas, e depois há o melhor e este melhor não se pode comprar, são as histórias e as memórias que tantas vezes acontecem em volta de uma árvore.


Por cá sempre existiu um pomar que ao longo dos anos foi ficando maior, tirou-se a vinha que deu lugar a um corredor de árvores de citrinos, pequeninhas mas que todos os anos ficam carregadas de pontos laranjas, chegam mesmo a partir de tanto fruto.
Cabe-me a mim quase sempre ir com um escorredor tirar as tangerinas e laranjas nestes dias, e nem o frio me demove, quando dou por mim já comi duas, tiro mais uma, e como acho sempre que são poucas até os bolsos vão carregados, pelo caminho algumas caem, sorrio sempre pois já previa que ia ser assim, e sei que da próxima vai ser exactamente igual!


Este bolinho foi feito a pensar no desafio da Marta que este mês convida todos a levaram uma sugestão com tangerina, é um bolinho simples mas que faz as delicias nestes dias frios e por tudo isso o melhor é irmos fazer já outro antes que cheguem os dias cheios de sol e a vontade de ligar o forno desapareça!!


Bolo de Tangerina 
receita adaptada do O Livro de Pantagruel

  • 150 gramas de farinha 
  • 150 gramas de açúcar 
  • 150 gramas de manteiga à temperatura ambiente 
  • 150 gramas de amêndoas com pele moídas 
  • 80 gramas de cidrão cristalizado 
  • 90 gramas de uvas passas 
  • 4 ovos batidos 
  • 1 colher de sopa rasa de fermento em pó 
  • Sumo e raspa de três tangerinas de tamanho médio 
  • farinha para envolver as uvas passas e o cidrão

Cobertura 

  • açúcar em pó peneirado q.b
  • sumo de tangerina q.b

Deixar as uvas passas em água durante a noite, escorrer bem toda a água e envolver em farinha assim como o cidrão.

Pré-aquecer o forno a 180ºC  e barrar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma, reservar.

Numa tigela misturar muito bem com a batedeira a manteiga e o açúcar até estar um creme homogéneo, acrescentar os ovos e mexer novamente.

Peneirar a farinha, o fermento em pó e a amêndoa em pó, juntar à mistura anterior e misturar.

Juntar a raspa e o sumo de tangerina, bater, por fim com ajuda de uma espátula envolver as uvas passas e cidrão.

Deitar a massa na forma e levar ao forno cerca de 50 minutos.

Retirar, deixar o bolo arrefecer  na forma sobre uma grelha de cozinha.

Para a cobertura misturar com ajuda de um garfo o açúcar em pó com o sumo de tangerina até obter uma mistura lisa, verter sobre o bolo desenformado.

Bom  Apetite!


16 comentários:

  1. que ótimo bolinho, o cheiro deve bolo a invadir a cozinha deve ser maravilhoso.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha, Sandra!
    Servia-me de uma fatia neste momento com uma chávena de chá bem quentinho.

    ResponderEliminar
  3. Que bolo lindo e com aspeto delicioso! Temos uma pequena quinta de onde saem imensas laranjas, tangerinas e mandarinaa. Posso assegurar que não há melhor do que as frutas biológicas! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Não há nada melhor que comer fruto no pomar encostada à árvore! Pequenas coisas que fazem os meus dias mais felizes :)
    Que belo bolinho! Os frutos secos devem combinar tãooo bem com as tangerinas perfumadas :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Os teus bolinhos têm o dom de me fazer voar até Viana... dava tudo para estar a tomar um chá acompanhada por ti e por esse bolinho!!!
    Mil beijos e saudades das nossas gargalhadas e treta sem fim, hehehe.
    Cláudia

    ResponderEliminar
  6. Que bom. Adoro bolinhos com laranja ou clementina.
    Já comia uma fatia.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/01/noodles-com-camarao.html

    ResponderEliminar
  7. adoro colher tangerinas da árvore tem outro sabor! esse bolo ficou delicioso.
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Adoro tangerinas e este mês comi imensas, e espero comer mais ainda...
    O bolo ficou com um interior delicioso.

    ResponderEliminar
  9. Olá Sandra!
    Como tu, acho que não há privilégio como o de poder apanhar a fruta diretamente da árvore. São imagens dessas que povoam a minha infância, e que saudades tenho desse tempo. Lembro-me de tantas vezes me sentar nos troncos dos pessegueiros da minha tia, com o meu primo, e de comer pêssegos como se não houvesse amanhã... e figos..ai os figos acabadinhos de apanhar! Que privilégio!
    O mesmo se passa com o teu bolo :) que privilégio poder tê-lo na nossa mesa de janeiro! acompanhado com uma bela chávena de chá fumegante, e eu era uma moça muito feliz :)
    Obrigado minha querida, pela tua participação na rubrica´
    Beijo enorme
    Marta

    ResponderEliminar
  10. Que belo aspecto tem esse bolinho....Parece muito bom...bjs

    ResponderEliminar
  11. Tens razão, não há nada como a fruta caseira! Eu não tenho 'a minha', mas recebo de familiares e adoro :) As tangerinas são um bom exemplo, tenho-as às toneladas nesta altura do ano!
    O teu bolinho ficou mesmo com um ar saboroso. Estreei-me há pouco nos bolos de tangerina e fiquei fã :)

    ResponderEliminar
  12. E as tangerinas são tão boas!
    A fruta caseira tem um sabor tão diferente e tão melhor! As minhas avós mandaram-me imensas tangerinas e laranjas e eu gosto tanto! (As do supermercado parecem de plástico!!)
    O bolinho ficou lindo e tenho a certeza de que é maravilhoso :)
    (Fiz o teu cheesecake de doce de leite... QUE BOMBA e que TENTAÇÃO!!!)
    Um grande beijinho querida

    ResponderEliminar
  13. As coisas boas do pomar, colher a fruta na hora e preparar um bolo!
    Adoro essa sensação, essa realidade e a terra que a sustenta :)
    E que bolinho mais lindo, aromático, numa forma linda linda!! E que podíamos bem saborear juntas com um chá ou uma cevada.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Olá, Sandrinha! Tudo bem?
    A época que eu mais gosto é das mangas e tangerinas.
    São frutas que aprecio muito e a tangerina é super versátil.
    Lindo e irresistível o teu bolo.

    Beijinhos, abençoada semana ♥

    ResponderEliminar