Tarte de Chocolate e Framboesas


Não devem de existir dias marcados para dizermos a alguém o quanto somos felizes, não há data no calendário para dizer obrigada e que te adoro, não deve de existir nunca a espera por um dia para mostrarmos o nosso amor pela pessoa que caminha ao nosso lado, todos os dias são ideais para aumentarmos a nossa felicidade.


Mas Fevereiro traz com ele um dos dias mais apaixonante do ano, um dia de promessas, pedidos, celebrações e muito amor.
Mais importante que estarmos juntos neste dia é conseguirmos estar presentes durante todos os outros, e se uma flor fica sempre bem, há palavras que não têm custo, um abraço apertado faz-nos sentir tão valiosos como o anel mais brilhante, há momentos que nunca se vão comprar e o melhor é mesmo aproveitar cada dia.


Esta tarte é a prova como podemos fazer os outros felizes com algo tão simples e bom!
O pedido só tinha que ter chocolate, e aqui está a sugestão.


Tarte de Chocolate e Framboesas
receita retirada do livro Chocolat de Eric Lanlard

Massa
  • 175 gramas de farinha 
  • 50 gramas de cacau em pó
  • 50 gramas de açúcar em pó
  • 150 gramas de manteiga sem sal refrigerada cortada em cubos pequenos
  • 3 gemas de ovo
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha 
  • 300 gramas de framboesas 
  • farinha q.b.  
Recheio 
  • 200 gramas de chocolate preto
  • 200 ml de natas 
  • 2 colheres de chá de extracto de baunilha 
  • 75 gramas de ,manteiga sem sal   
  • açúcar em pó para polvilhar
Massa:  
Peneirar a farinha, o cacau e o açúcar em pó para uma tigela grande.

Adicionar a manteiga em cubos  e com os dedos misturar até obter uma massa granulada, juntar as gemas e o extracto de baunilha, misturar até obter uma massa homogénea.

Fazer uma bola com a massa e embrulhar em película aderente, levar ao frigorífico 30 minutos.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Cortar um pedaço de papel vegetal que possa forrar a forma que irá utilizar e dispor o papel numa bancada, polvilhar levemente com farinha e esticar com ajuda de um rolo de cozinha a massa.

Após ter esticado a massa forrar a forma com a mesma, não deve de retirar o papel vegetal.

Picar toda a massa com ajuda de um garfo e cobrir com feijões secos e levar a cozer no forno cerca de 15 minutos, retirar os feijões e voltar a levar a massa a cozer mais 5 minutos.

Retirar e deixar arrefecer totalmente. 

Recheio:
Levar o chocolate a derreter em banho-maria.

Aquecer as natas num tacho pequeno, não devem de ferver.

Após as natas estarem quentes retirar do lume e acrescentar com delicadeza o chocolate derretido, mexer com ajuda de  uma colher.

Acrescentar a baunilha e a manteiga, misturar tudo muito bem até tudo estar ligado.

Colocar as framboesas na massa fria (guardar algumas para decorar) e deitar o recheio com suavidade sobre as framboesas.

Levar ao frigorífico cerca de duas horas.

Retirar 30 minutos antes de servir e polvilhar com o açúcar em pó.

Bom Apetite!

9 comentários:

  1. Tem um aspecto bem guloso e intenso, maravilha!

    ResponderEliminar
  2. Que linda que ficou a tua tarte! Adoro sobremesas intensas de chocolate! E as saudades que tenho de framboesas! Essa tarte é mesmo um casamento perfeito! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. que aspeto delicioso e guloso...adoro dcom sabor a chocolate intenso.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  4. Ai céus... que densidade! Que maravilha!
    Quero! Eu e o chocolate somos GRANDES amigos, com ou sem Dia dos Namorados :-)
    Beijinho, minha querida
    C

    ResponderEliminar
  5. Que maravilha querida Sandra.
    Concordo contigo, não há um dia para se demonstrar que se gosta de uma pessoa, isso deve ser feito diariamente.
    A tua tarte ficou uma verdadeira perdição :) é mesmo para amantes de chocolate.
    Ficou linda :)
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  6. OH MEUS DEUS! Babei o pc só de olhar, chocolate purooooo! :)
    Uma tentação dos diabos!

    ResponderEliminar
  7. Que gulodice boa!! A foto da fatia está de babar!!
    Beijinho
    https://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Essa tarte deve ter ficado um manjar dos Deuses.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/02/um-mes-com-mafalda-pinto-leite-e-uma.html

    ResponderEliminar
  9. Tens toda a razão! Coisas aparentemente pequenas, como uma tarte de chocolate como esta, podem deixar alguém muito feliz :)
    Achei a textura da tarte incrível :D

    ResponderEliminar